#69 TEDx Laçador, uma experiência para (re)pensar a vida

De todas as plataformas e conteúdos que existem neste vasto universo chamado internet, se eu tivesse de escolher apenas um modelo para passar o resto da vida assistindo, eu certamente escolheria os talks do TED.

TED, para quem não sabe, é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo promover ideias que merecem ser espalhadasideas worth spreading – através de palestras curtas e extremamente impactantes.

Realizada pela primeira vez em 1984 nos Estados Unidos, a iniciativa deu tão certo que passou a ser replicada no mundo todo por organizadores independentes, gente que acredita no poder das boas histórias e que encara a missão de promover eventos locais nos mesmos moldes do TED, os chamados TEDx.

69_1

E aí que em junho deste ano eu pude finalmente sair do Youtube e presenciar ao vivo essa magia do compartilhamento de ideias no TEDx Laçador. E se eu já era apaixonada pela iniciativa quando a conhecia somente através do computador, depois desse dia a minha paixão só aumentou!

Realizado desde 2010 pela publicitária Ana Goelzer – sempre com a ajuda de um time de voluntários -, o TEDx Laçador deste ano teve como tema a palavra repense, um verbo curto mas cheio de significado.

Afinal, é impossível ouvir tantas histórias como as compartilhadas em um TEDx e não se sentir tocado de alguma maneira. É impossível não se sentir convidado a repensar.

Saí do evento com a cabeça a mil, cheia de ideias e extremamente grata por ter tido a oportunidade de estar lá. Por isso, se você souber de algum TEDx rolando na sua cidade ou próximo a ela, a minha dica é só uma: . Estando lá, você vai entender o porquê.

E já que o objetivo do evento era espalhar boas ideias, escolhi alguns dos meus talks favoritos do dia para compartilhar aqui com vocês. 🙂


Por que temos tanto orgulho das nossas certezas? Por que temos medo de dizer ‘eu não sei’? Fabiane Kuhn demonstrou com a sua história o quanto nós podemos aprender quando nos permitimos não saber de alguma coisa:

 

O que é ser normal, se todos somos diferentes? A verdade é que a Liane Collares não falou: ela deu um show. Através da sua trajetória, demonstrou o quanto o ‘acidente genético’ que provoca a síndrome de down não precisa ditar – nem limitar – o destino de ninguém.

 

O que é ‘humanizar’ a saúde? Júlia Rocha, médica de família, se apresentou como especialista em gente – e demonstrou com a sua fala que colocar o enfoque do atendimento em saúde na pessoa, e não na doença, pode fazer toda a diferença.

 

Como ficar quentinho, no conforto do meu lar, sabendo que existem pessoas na rua passando fome? Júlio Ritta, fundador do Cozinheiros do Bem Food Fighters, contou sobre como um vídeo despretensioso o levou a criar uma das maiores iniciativas de combate à fome do país. Uma verdadeira aula sobre espírito de coletividade.

 

Toda essa busca por mais – mais status, mais coisas, mais dinheiro – faz sentido? Será que isso vale realmente a pena? Daniel Levy falou sobre como o mundo corporativo tem passado de um modelo conquistador para uma mentalidade evolutiva, na qual a busca por significado cumpre um importante papel.

Talvez pela semelhança com os assuntos que tratamos aqui, este foi um dos talks que mais mexeu comigo.

 

O silêncio é a porta de entrada para quem nós somos emocionalmente. Para não cair na contradição de falar demais sobre uma palestra que tem como tema o silêncio, eu paro por aqui. Apenas assistam e façam o exercício proposto pelo Francisco Kaiut.


Não foi nem um pouco fácil fazer essa seleção – afinal, eu gostei de todas as falas -, então fica aqui o convite para que vocês também assistam à playlist com todos os vídeos desta edição do TEDx Laçador.

Gostaram da dica? Mais alguém tem o costume de assistir aos vídeos de TEDs e TEDx? Tem algum para me indicar? 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s