#65 Minimalismo no shopping: 5 dicas para fazer compras mais inteligentes

Uma das maiores dificuldades enfrentadas por quem decide aventurar-se no minimalismo é a questão do equilíbrio.

Afinal, como nós já conversamos sobre aqui no Parece Óbvio, tornar-se minimalista é uma experiência que tem muito mais a ver com a adoção de uma nova mentalidade do que com a obediência a um conjunto de regras fixas e imutáveis.

Na prática, a inexistência de um ‘código do minimalismo’ significa que a decisão sobre o que pode e o que não pode  neste estilo de vida é extremamente pessoal, na medida em que cabe a cada um definir o que é e o que não é ser minimalista.

E é justamente aí que entra o desafio do equilíbrio. A missão de encontrar o ponto em que é possível satisfazer nossas necessidades materiais sem deixar de lado o fato de que desejamos cultivar um estilo de vida cada vez menos focado nas coisas que podemos comprar é uma tarefa nem um pouco fácil – mas não impossível.

65_1

Pessoalmente, eu acredito que a resposta para o que é – e também para o que não é – ser minimalista passa longe de formulações no estilo tudo ou nada. Para mim, não é a adoção ou o abandono de certos comportamentos que vai definir o grau de comprometimento de alguém com este estilo de vida.

Eu outras palavras, eu não acredito que para aderir ao minimalismo você nunca mais possa comprar. Ou que você nunca mais possa ter ou fazer coisa nenhuma. Na minha visão, você pode tudo – desde que este tudo venha acompanhado de equilíbrio e consciência.

Pensando nisso – e sabendo o quanto é difícil equilibrar esta balança -, resolvi compartilhar com vocês hoje alguns dos truques que tem me ajudado a comprar de maneira mais inteligente nos últimos tempos. Vamos começar? 🙂

65_2

1) Saiba o que você tem

Uma compra inteligente começa muito antes da chegada ao shopping – na verdade, ela começa antes mesmo de sair de casa.

Você só vai conseguir consumir com consciência quando souber exatamente o que já tem – e que, portanto, não precisa levar comprar.

Se alguma vez você comprou uma brusinha e se surpreendeu com outra quase igual esquecida no fundo do guarda-roupas, ou então comprou os ingredientes para uma refeição e descobriu que já tinha boa parte deles na despensa, você sabe do que eu estou falando.

Acostume-se a manter uma lista atualizada do que você tem nos seus armários. Pode ser um pouco trabalhoso no início, mas você vai se agradecer depois.

2) Crie uma lista de desejos

A famosa wish list nem sempre é uma inimiga. Quando você a constrói baseado no que percebeu ao observar o que já tem, não há nada de errado com ela!

Manter uma lista do que você deseja pode funcionar como um filtro para separar compras realmente necessárias daquelas que podem ser deixadas de lado.

Aqui, o segredo é colocar os itens na lista e deixá-los lá por um tempo – os minimalists sugerem a aplicação de uma regra 30/30, que significa que se um item custa mais de 30 dólares, você deve esperar no mínimo 30 horas até comprá-lo (para itens de mais de 100 dólares, eles sugerem 30 dias).

Embora já tenha dado para perceber que eu não sou de me apegar a esse tipo de regrinhas, acredito que adotar uma lógica nestes moldes pode ser bastante útil.

65_3

3) Seja fiel à sua lista

Parece óbvio (kkk), mas é importante lembrar: estando no shopping, no mercado ou onde quer que você tenha decidido fazer as suas compras, limite-se a levar para casa apenas o que já estava na sua lista.

Lembre-se de que esses ambientes são projetados para incentivar o consumo. Quando você entra em uma loja – ou até acessa um e-commerce –  sem ter em mente o que procura, é muito fácil ceder aos estímulos e cair na tentação de comprar o que não precisa.

Se você já se deu ao trabalho de conhecer o que tem e elaborou até uma lista do que falta, não vai colocar tudo por água abaixo justo agora, né?

Caso neste processo você acabe encontrando algo de que realmente gostaria – ou até precisa -, coloque-o na lista e espere mais um pouquinho.

4) Tenha paciência

Talvez o seu reflexo seja fugir o mais rápido possível das tentações e dessa função de compras, mas a verdade é que não dá pra ter pressa.

Se o seu objetivo é fazer compras mais inteligentes, você vai ter de se dispor a procurar até encontrar aquilo que se encaixa nos seus requisitos. Até pode ser que você dê sorte e resolva toda a sua lista já na primeira loja, mas não saia de casa com essa expectativa.

Não se jogue na primeira opção que surgir. Avalie com cuidado. Especialmente em se tratando de roupas, fique atento à relação custo x benefício – às vezes, o barato que se estraga em poucas lavagens pode acabar saindo caro.

65_4

5) Saiba encerrar o ciclo

Fez um inventário do que tinha em casa, criou uma lista do que faltava, foi às compras e achou o que buscava? Então está tudo feito! Saiba colocar um ponto final no processo de compra – não continue procurando por outras opções quando você já as encontrou.

Se você seguiu todos os passos anteriores com consciência, você comprou de maneira inteligente. Não se culpe nem entre na nóia de inventar motivos para justificar a sua compra para os outros. Uma, porque você não deve satisfações para ninguém; e outra, porque não é isso que faz de você mais ou menos minimalista.

Você é um ser humano em busca de um estilo de vida novo e completamente diferente de tudo o que é incentivado pela nossa sociedade. Sentir-se inadequado e não compreendido é normal. Isso faz parte do processo. Saiba colocar um ponto final e siga a sua caminhada!


E aí, o que acharam? Construir uma relação mais saudável com as compras tem sido um desafio repleto de altos e baixos para mim – mas eu me sinto muito vitoriosa quando percebo que consegui colocar em prática estas dicas, mesmo que nem sempre seja possível.

E vocês, tem alguma outra dica para consumir de forma mais inteligente? Como lidam com essas questões? 🙂

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s