Category: viagens

#58 PÓ Viaja: Chile, da decisão ao embarque

Ainda estou tendo dificuldades para superar o fato de que as férias – e esta viagem – chegaram ao fim. Como quem acompanha o Parece Óbvio pelo Facebook já sabe – e se você ainda não está por lá, faça o favor de dar o seu like para não perder nenhuma novidade! -, eu e Henrique estivemos no Chile, curtindo uma das experiências mais incríveis que já tivemos oportunidade de viver. Read More

#54 Dicas simples para usar redes sociais em viagens de maneira inteligente

O texto de hoje foi originalmente publicado no blog do Hostelworld. Mas antes de passar para o conteúdo propriamente dito, um pouquinho de contextualização: desde o dia em que criei o Parece Óbvio e decidi que ia levar a sério essa história de ter um blog, alguns eventos curiosos começaram a acontecer comigo. Coisas que só fizeram com que eu acreditasse ainda mais na ideia de que perder o medo de admitir – para os outros e para nós mesmos – o que queremos fazer de verdade é o primeiro passo para que oportunidades de fazer justamente aquilo comecem a surgir. Read More

#50 O que você precisa saber antes de ir ao Festival Internacional de Balonismo de Torres

Quem acompanha o Parece Óbvio pelo Facebook já sabe – e, se você ainda não está por lá, faça a si mesmo um favor e deixe o seu like! -, mas no último final de semana tive a oportunidade de visitar o Festival Internacional de Balonismo de Torres, que acontece todos os anos pertinho de casa e eu ainda não conhecia. Read More

#38 Voltar pra casa também é bom

Cheguei de viagem ontem à noite. Nos últimos quatro dias – desde sábado até terça-feira -, eu e Henrique estávamos em São Paulo. Fomos assistir ao show do The Killers no Lollapalooza e aproveitamos para dar uma esticadinha e aproveitar um pouco do que a cidade grande tem a oferecer.

Era a nossa quarta vez juntos por lá,o que significava que todos aqueles programas turistões clássicos já haviam sido feitos. Estávamos livres para curtir alternativas menos óbvias – e foi bem isso o que nós fizemos. Ou que pelo menos tentamos fazer.

Read More

| COLAB | #2 Sobre metas de ano novo, exposição e Cuba

2017: um dos melhores anos da minha vida. Viajei para lugares incríveis, planejei e vivi o casamento dos meus sonhos.  Mas o final do ano chegou e, em dezembro, época em que ritualmente faço minhas metas para o próximo ano, me vi sem grandes expectativas. Eu precisava de um plano, de um objetivo grande, algo em que eu pudesse mergulhar de cabeça – e a verdade é que a minha vida estava um tanto quanto na zona de conforto. Read More

#4 Ah, Paris…

Travel is the only thing you buy that makes you richer.

Em livre tradução, “viajar é a única coisa que você compra que o deixa mais rico”.

Embora o autor seja desconhecido, tá aí um sentimento que eu conheço muito bem. Tenho a sorte – e o privilégio – de contar com condições que me permitem ver a experiência de viajar não como um gasto, e sim um investimento. Não importa o destino, nem se ele é perto ou se é longe: quando viajo, sei que estou investindo naquilo que me faz realmente feliz – e isso, meus amigos, não há dinheiro que pague. Read More