Categoria: reflexões

#27 Agora a coisa ficou séria!

Estamos de casa e de endereço novos! Que alegria!

Quatro meses e vinte e seis (!!!) posts depois, finalmente chegou a hora de encarar a ideia deste blog com um pouco mais de seriedade. Não que os compromissos que eu já havia assumido comigo mesma em relação ao Parece Óbvio não fossem o suficiente –  inclusive, eu estou bastante orgulhosa de tudo o que fiz até aqui! -, mas é sempre possível dar um passo além. Read More

#20 Você não precisa disso

Estava eu na minha busca por conteúdo significativo na internet quando encontrei este vídeo da Jout Jout, no qual ela fala sobre a dificuldade que nós temos em trabalhar com autonomia, só nós mesmos e mais ninguém. Basicamente, a ideia que ela transmite é a de que desde cedo, ainda na escola, somos treinados para obedecer ordens e executar tarefas de acordo com o que os outros nos impõem, e que colocar em prática projetos nossos, estritamente pessoais, subverte toda essa lógica na medida em que não tem ninguém ali dando comandos ou nos dizendo o que fazer a seguir. Read More

#19 Pausa também é movimento

Como eu contei no nosso último post, traçar uma comparação entre os meus objetivos para o futuro e as ações que pratico diariamente foi um exercício revelador. Somente assim eu pude perceber o quanto eu estava desperdiçando o meu tempo, sonhando sem tomar atitudes para tornar meus desejos realidade. Ter consciência disso foi o primeiro passo para a mudança. Read More

#18 O que você fez hoje?

Hoje o post vai ser um pouquinho diferente. Quero propor uma atividade para vocês. Conheci ela pela primeira vez através do blog dos the minimalists, e desde então tem sido impossível pensar sobre as minhas ações diárias sob outra perspectiva que não esta. Espero que gostem! 

O que você faz todos os dias? O que você fez hoje? Você investe o seu tempo nos seus objetivos? Ou você simplesmente o gasta sem pensar a respeito? Read More

#17 Mude o seu olhar

Foi um dia desses. Estava eu conversando sobre as mudanças que vivi nos últimos tempos – de me sentir no fundo do poço a ter uma paz que eu nunca havia sentido -, quando me peguei falando o seguinte: “naquela época, a minha vida era exatamente igual a que eu tenho hoje; a única diferença era que eu não via as coisas da mesma forma”. No instante em que as palavras chegaram ao meu ouvido, foi como se eu pudesse sair do meu corpo e assistir à conversa como mera observadora, e não participante. Nem eu me reconheci. Read More

#16 Feito é melhor que perfeito

Se você, assim como eu, também faz parte do clube dos perfeccionistas, certamente já deve ter ouvido esta frase por aí: “feito é melhor que perfeito”. Trata-se de um lembrete para nós, criaturinhas tão exigentes consigo mesmas, de que mais vale colocar a mão na massa e fazer do que ficar sentados esperando pelas condições ideais para tirar um projeto do papel. Read More